80 anos do Sidicato dos Odontologistas - Discurso de Paulo Freitas

O Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Sul comemorou no último dia 3 de outubro 80 anos de existência com uma grande festa, no Clube do Comércio e nosso confrade da AGO Ac. Paulo Monteiro Freitas, foi o homenageado pricipal nesta ocasião.

Segue o discurso proferido por ele:

Meus amigos,
Boa noite,

Como sempre devo estar emocionado. Deve ser a idade.

Esta é uma das noites mais felizes de minha vida, pois a nossa entidade, “a menina dos meus olhos”, o Sindicato dos Odontologistas do Estado do Rio Grande do Sul está comemorando o seu octagésimo ano de fundação. É a mais velha entidade sindical de odontologia do país. Criada em 3 de outubro de 1931, teve como fundador e primeiro presidente o Professor Doutor Othon Santos e Silva, colega íntegro, magestoso cidadão dotado de sabedoria e talento pelo seu carater e pela ética.

Meus amigos, me orgulho de ter feito parte da história deste sindicato por nove anos e ter contribuído para torná-lo o maior do país em reinvidicações e conquistas, em prol da categoria.

Steve Jobs dizia: “Para se ter sucesso é necessário amar de verdade o que se faz”. Eu sempre fui apaixonado pelo sindicato. Gostaria de neste momento recordar a década de 70, quando com um punhado de colegas peregrinávamos pelo Rio Grande e Brasil afora implantando as raízes de um sindicalismo e uma odontologia coesa, honesta e reinvidicativa.

Agradeço sensibilizado aos ex-presidentes do sindicato: Oly Borges Ortiz, Davison Labrea, Gregório Abner Cabral e Cleo Getúlio Saldanha, que me honraram convidando-me para falar em seus nomes.

Aos atuais diretores e funcionários, desejo uma feliz gestão adequada aos novos tempos, pois, hoje, o mundo, não corre, ele voa.

Que Deus abençoe a todos e que a entidade cresça cada vez mais, motivando e atraindo os novos e velhos cirurgiões dentistas em prol de conquistas sociais para a categoria.

Muito obrigado,
Paulo Monteiro Freitas.

© Copyright Cléber Bidegain Pereira. Todos os direitos reservados.